quinta-feira, 8 de junho de 2017

Concurso MPU 2017: edital da próxima seleção começará a ser elaborado este mês

 

O Ministério Público da União (MPU) espera iniciar ainda este mês a elaboração do edital do concurso MPU 2017 para técnico administrativo (nível médio; R$7.260,41) e analista em Direito (superior na área; R$11.345,90). A previsão do órgão é começar a dar forma ao documento logo após a definição da organizadora, também prevista para este mês.

O edital segue programado para sair em agosto (após o dia 5, quando expira o prazo de validade do último concurso para os cargos). MPU e Cebraspe (antigo Cespe/UnB) vêm se reunindo, para assinarem contrato. Nos próximos dias a instituição de Brasília deverá ser oficializada como organizadora. Outra pendência é a definição da oferta de vagas, que, segundo o MPU, acontecerá perto da divulgação do edital, já que há concurso válido para os cargos até 5 de agosto.

Muitas contratações à vista


Independentemente da oferta, a perspectiva é de muitas contratações, pois hoje faltam cerca de 1.700 servidores, sendo 500 técnicos administrativos e 1.200 analistas de Direito O órgão já adiantou que a seleção contemplará todos os estados (além do Distrito Federal). Isso porque há déficit de pessoal em todos os ramos do MPU (Ministério Público Federal - MPF -, Ministério Público do Trabalho - MPT -, Ministério Público Militar - MPM - e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios - MPDFT), localizados em todos os estados, incluindo Distrito Federal.





As esperadas provas objetiva e discursiva deverão acontecer ainda este ano, provavelmente em outubro, 60 dias depois da divulgação do edital. Os servidores do MPU têm direito a uma série de benefícios, tais como auxílio-alimentação, de R$884 (já somado nos rendimentos); auxílio-transporte (variável) e assistência pré-escolar de R$699.


 


São oferecidas ainda gratificações como de Atividade do Ministério Público da União (GMPU) - já somada nas remunerações mencionadas - e de Qualificação e Treinamento (GQT), para quem tem titulações. Essa última premia servidores que tenham pós-graduação, mestrado ou doutorado. A carga de trabalho também é flexível. Diferente dos outros órgãos, os servidores do MPU atuam por sete horas diárias. O regime de contratação é o estatutário, que assegura a estabilidade.


Veja o que estudar








Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 Notícias maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: