sexta-feira, 9 de junho de 2017

Concurso Inmetro 2017: seleção para médio e superior. Veja a distribuição das vagas!





O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) informou, na última quarta, dia 7, a distribuição das 435 vagas do pedido de concurso feito ao Ministério do Planejamento. A solicitação foi para 91 vagas de técnico em metrologia e qualidade, 131 para assistente em metrologia e qualidade, 13 para especialista em metrologia e qualidade, 61 para analista em metrologia e qualidade e 139 para pesquisador-tecnologista em metrologia e qualidade.

A primeira carreira exige nível médio/técnico, a segunda nível médio ou médio/técnico e as demais, formação superior (no caso do pesquisador, pede-se mestrado ou doutorado). A expectativa é de que a tramitação do pedido do concurso possa ser acelerada nas próximas semanas e que a autorização para a abertura da seleção aconteça a partir de setembro, quando o governo federal encaminhar a Projeto Lei Orçamentária Anual (Ploa) para o Congresso Nacional.

Remuneração dos cargos


As remunerações iniciais são R$3.589,38 (médio e médio/técnico) e R$8.057,68 (superior), já incluso o auxílio-alimentação de R$458. Os aprovados ainda poderão ter os ganhos elevados com as gratificações e as retribuições por titulações.

A última seleção


No último concurso realizado em 2014, foram oferecidas 78 vagas, sendo a maior parte para o Rio de Janeiro, as demais localidades contempladas foram Goiás e Rio Grande do Sul. O cargo de técnico em metrologia e qualidade foi contemplado com nove vagas nas áreas de Segurança do Trabalho, Eletônica, Elétrica, Metrologia e Mecânica. Enquanto para assistente executivo em metrologia e qualidade foram oferecidas 19 vagas nas áreas de Administração (apenas médio/médio), Contabilidade e Informática (médio/técnico).

Para a carreira de especialista em metrologia foram disponibilizadas duas vagas, igualmente divididas pelas áreas de elétrica e materiais. Na função de pesquisador-tecnologista a oferta foi de 11 vagas para as áreas de acreditação, regulamentação técnica e avaliação da conformidade, além de engenharias elétrica, eletrônica, mecânica e química.

Enquanto para analista foram ofertadas 39 vagas, distribuídas em administração geral e pública, análises e desenvolvimento de sistemas, ciências contábeis, comunicação/ouvidoria, controle e execução interna, infraestrutura de tecnologia de informação e comunicação, psicologia do trabalho e das organizações.

A seleção consistiu de prova objetiva, discursiva, avaliação de títulos e curso de formação, estes dois últimos somente para o nível superior. Os candidatos realizaram provas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa (superior) e Conhecimentos Específicos de acordo com o cargo/área escolhido.

Os candidatos ao cargo de assistente na área de administração, com exigência de apenas o nível médio, realizaram provas de Matemática Financeira, Noções de Informática, Administração e Noções de Contabilidade. O concurso teve validade de um ano e seis meses e as contratações foram realizadas pelo regime estatutário, que garante estabilidade.




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 Notícias maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: