quinta-feira, 8 de junho de 2017

Concurso Banco Central 2017/2018: pedido é de 990 vagas para 2º e 3º graus. Confira distribuição!




O pedido de autorização de concurso enviado pelo Banco Central (BC) ao Ministério do Planejamento no fim do mês passado (concurso Banco Central 2017/2018) é para 990 vagas, segundo a assessoria de imprensa da autarquia. E conforme era esperado, a solicitação foi feita para os três cargos da estrutura do banco, como costuma acontecer: técnico, analista e procurador.

Pedido para vagas nos níveis médio e superior


Para técnico, foram pedidas 150 vagas. O cargo, que proporciona remuneração inicial de R$6.882,57, tem requisito de ensino médio completo, mas teve a alteração de escolaridade, para nível superior, aprovadoa no Congresso Nacional no último dia 1º. A mudança ainda precisa ser confirmada por meio de sanção presidencial, porém, já existe pedido de veto à medida.

No caso de analista, aberto a quem possui formação superior em qualquer área, a solicitação foi para 800 vagas. Os ganhos no início da carreira são de R$17.391,64. Já para procurador, o pedido foi de 40 vagas. Para esse, é necessário ser advogado e ter experiência mínima de dois anos de prática forense. Os iniciais oferecidos são de R$17.788,33.

Concurso BC 2017/18 pedido do BC é para 990 vagas de técnico, analista e procurador


Com esses quantitativos, o BC repete a solicitação que foi feita no ano passado, mas que foi negada, por não ter sido incluída na proposta de orçamento para este ano. Agora, a intenção do banco é preencher as vagas em 2019 e 2020. A projeção expõe a expectativa de realização do concurso em 2018.

Déficit já é de quase 40% do quadro


A realização de concurso para o Banco Central é necessária em função do grande déficit de pessoal, que já é de 38,75% do quadro previsto em lei. São 2.507 vagas desocupadas de um total de 6.470. O efetivo atual, de 3.963 servidores, é o menor desde 1975, segundo o Sindicato Nacional dos Funcionários do BC (Sinal), e diversas atividades já estão sendo prejudicadas pela falta de mão de obra.

A negociação do concurso deverá contar com o apoio do presidente do BC, Ilan Goldfajn, que, em encontro ocorrido em abril, se demonstrou extremamente preocupado com a falta de pessoal do autarquia e afirmou que a questão é uma prioridade, segundo o Sinal.


Concurso BACEN 2017/18 é prioridade para presidente do BC, Ilan Goldfajn, segundo Sinal


Com a confirmação dos cargos no pedido do concurso Banco Central 2017/2018, os interessados em ingressar na instituição têm mais um motivo para começar o quanto antes a preparação, tomando como base a seleção anterior para cada função, conforme orientam os especialistas. A última vez que o BC abriu concurso para os três cargos foi em 2013, por intermédio do Cespe/UnB (atual Cebraspe).

Nove disciplinas no último edital de técnico


Para técnico e analista, as seleções compreenderam provas objetiva e discursiva, avaliação de títulos (apenas para analista) e programa de capacitação. Especificamente para técnico, a prova de Conhecimentos Básicos abrangeu Língua Portuguesa, Noções de Direito Constitucional e de Direito Administrativo, Gestão Pública, Informática e Raciocínio Lógico-Quantitativo.

Já a prova específica versou sobre Fundamentos de Contabilidade, Fundamentos de Gestão de Pessoas e Fundamentos de Gestão de Recursos Materiais, no caso da área de Suporte Técnico-Administrativo, que costuma atrair a maior parte dos inscritos para o cargo. A outra área possível foi a de Segurança Institucional.




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 Notícias maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: