sábado, 2 de dezembro de 2017

Concurso GM Rio 2018: Guardas Municipais do Rio anunciam novos concursos para 2018



A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) sediou o primeiro encontro das Guardas Municipais do estado. Mais de 15 municípios enviaram representantes, como Duque de Caxias, Niterói, Itaboraí, Magé e Paraty. E o melhor, anunciaram novos concursos públicos para o cargo.

O objetivo do evento foi gerar maior integração entre as instituições e promover o desenvolvimento técnico e operacional. O estado do Rio de Janeiro conta, atualmente, com guardas municipais em 77 dos 92 municípios. Confira o que algumas das guardas presentes comentou sobre a realização de concursos públicos:



Guarda de Niterói confirma edital no primeiro semestre

Boa notícia para quem está aguardando o concurso da Guarda de Niterói. Kátia Bastos, que representou a corporação no evento, confirmou o edital para o primeiro semestre de 2018. A expectativa é divulgar o documento a partir de abril. A seleção oferecerá 419 vagas para ambos os sexos, foi o que confirmou a servidora.

1º encontro de Guardas Municipais Guardas Municipais participam de 1º encontro no Rio de Janeiro (Foto: Elielson Rocha)
"Está previsto mesmo. Serão 419 vagas total, para ambos os sexos, sem separação ou quantitativo estabelecido para homens e mulheres. Assim, a Guarda de Niterói espera, com o novo concurso, aumentar o seu quantitativo."

A intenção da Guarda de Niterói é iniciar o ano letivo de 2018, já contratando a banca que ficará a frente do concurso. Segundo Kátia Bastos, as licitações para o processo de contratação ficam a cargo da prefeitura.

O concurso já está previsto no orçamento de 2018, de acordo com o secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas. No dia 15 de dezembro de 2017, foi votado na Câmara dos Vereadores. Mas, segundo Bruno Lessa, é muito provável que seja aprovado, pois ele entende da importância de contratar novos servidores.

Guarda de Itaboraí pretende realizar novo concurso

Outra novidade foi o anúncio de um novo concurso na Guarda Municipal de Itaboraí, município a cerca de 45km da capital. Segundo o comandante Alexandre Barbosa, há necessidade para uma nova seleção e é de interesse da atual gestão realizá-lo.

"Sem dúvidas que há uma grande necessidade para um novo concurso público. A nova gestão está interessada e deverá se empenhar para isso. Acredito que melhorando a questão financeira do município brevemente teremos um novo concurso. Creio que isso ocorrerá logo."

O comandante informou que o último concurso da Guarda de Itaboraí foi realizado em 2012 e todos os aprovados foram chamados. Em sua visão, é de grande importância ter um novo concurso público agora para contratar novos guardas, pois a demanda da corporação é muito grande.

Alexandre Barbosa ressaltou que, hoje, a Guarda de Itaboraí sofre com uma carência de cerca de 100 a 120 servidores. Ele comentou que uma parte dos guardas são do concurso realizado em 1991, com bastante tempo de carreira. Um parte desse grupo, segundo ele, em breve começará a se aposentar, o que deve gerar novas vagas no quadro de pessoal.


Guarda de Paraty planeja concurso em 2018


Também está nos planos da Prefeitura de Paraty a realização de concurso para guardas municipais. Segundo Vanderlei Suisso, guarda municipal e membro da comissão idealizadora do Plano de Carreira do cargo, a cidade apresenta, hoje, 60 servidores. Esse quantitativo não supre todas as necessidades. O ideal, para ele, são 120 concursados atuando na função.

"Nós estamos pedindo concurso há bastante tempo. Então, há uma probabilidade, uma intenção do governo para fazer concurso em 2018. Pois o efetivo não é suficiente pela demanda do município", comenta.

Outro fator que intensifica esse processo é que a última seleção para guarda municipal de Paraty ocorreu em 2012 e não obteve o número total de vagas preenchidas. Das 43 oportunidades presentes no edital, somente 36 foram ocupadas por aqueles que conseguiram concluir o curso de formação.

"Ainda tivemos a exoneração espontânea de seis guardas que foram seguir outras carreiras, o que aumenta nossa necessidade por novos guardas", conclui Vanderlei Suisso.

Guarda de Caxias não realiza concurso há 18 anos



A Prefeitura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, tem a intenção de realizar novo concurso para guarda municipal. Foi o que informou o secretário de Segurança da cidade, Robson André.

O que impede a publicação de um novo edital é questão orçamentária do município. No entanto, André argumentou que o concurso para guardas será uma das prioridades do prefeito Washington Reis após a regularização dos salários atrasados dos servidores públicos.

"A intenção nós temos, o problema é todo financeiro. Nosso orçamento ainda não permite, mas já temos uma projeção para o próximo concurso. Se fossemos nos adequar à legislação da guarda, nossa necessidade seria mais de 1.300 guardas. E o nosso efetivo atual é de cerca de 240 homens", explica o secretário.

Há 18 anos sem realizar concursos para o cargo, alguns guardas já possuem idade média para se aposentar. O que aumenta a vacância na Guarda Municipal de Caxias.

"O número de guardas que já tem condições de se aposentar e que estão com problemas de saúde é considerável. Por isso, nossa necessidade por um novo concurso é muito grande. Eu acredito que tão logo o prefeito consiga equalizar essas dificuldades, vamos voltar a esse assunto. O concurso é uma das prioridades", exclama Robson André.

Magé começará a discutir a realização de novo concurso

A Guarda Municipal de Magé também já planeja a abertura de um novo concurso público. Em entrevista recente condedida à FOLHA DIRIGIDA, o prefeito Rafael Tubarão disse que é uma das prioridades. No 1º encontro de guardas municipais, o representante do município, Weberson Reis, disse que a seleção deverá ser discutida a partir do ano que vem, preferencialmente em janeiro.

Segundo ele, não dá para estimar quando sairá o edital do concurso, mas que é certo do prefeito começar a planejar a abertura da seleção. Em 2011, o Ministério Público abriu um termo de ajustamento e conduta (TAC), solicitando que a Guarda Municipal de Magé substituísse comissionados e contratados por servidores concursados.

No entando, o último concurso realizado pela guarda já teve a sua validade expirada e não conseguiu atingir a solicitação do MP. Dessa forma, Weberson explica que o novo concurso precisa acontecer logo, mas que isso ainda depende de uma série de fatores burocráticos, além de todo um planejamento.

"É importante, como toda a instituição, realizar novos concursos públicos para aumentar ou preencher o efetivo e sustentar o quadro. Infelizmente não dá para estimar se agora será oferecido no próximo concurso o total para cumprir a exigência de 2011", explica Weberson, dizendo que hoje a guarda tem cerca de 60 servidores efetivos.





Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 Notícias maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: