sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Concurso IBGE: adiada divulgação do resultado para recenseador e agente




A Fundação Getúlio Vargas, organizadora do concurso IBGE 2017, adiou a divulgação do resultado final para agentes e recenseadores. Um comunicado postado no site da instituição informa que a listagem, que sairia nesta quinta, dia 31, ficou para esta sexta-feira, dia 1º de setembro.

Para ser aprovado na objetiva do processo seletivo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, é preciso acertar 30% do exame. Isto corresponde a resolver corretamente 12 questões no caso do recenseador e 15 para agentes, sem zerar disciplinas.

Com a divulgação do resultado final, o IGBE começará a contratar os aprovados de forma imediata, nos próximos dias. A confirmação partiu do coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros, a exemplo do primeiro concurso IBGE 2017.

Concurso IBGE 2018 é negociado com governo Resultado final do concurso para recenseador sai dia 1º


Os selecionados devem ficar atentos, portanto, às caixas de correio, pois as chamadas acontecem por meio de telegrama. Há possibilidade ainda de chamada de excedentes, tendo em vista a rotatividade dos temporários. Por isso, os considerados "não classificados" também terão chances de convocação.

Tão logo contratados, os classificados serão submetidos a um curso de formação. Para recensea-dores, o treinamento terá duração de quatro dias e oito horas diárias, em duas etapas: de autoinstrução, na qual o funcionário deverá ler o Manual do Recenseador e Roteiro de Estudos do Recenseador e curso presencial.

Ao final da etapa presencial, o candidato realizará o teste final do treinamento, cujo resultado será representado em percentual de acertos. Quem não acertar 40% do teste será eliminado. Para os agentes, o treinamento não eliminará, sendo mais adaptativo. Ele acontece nas unidades estaduais do IBGE, em mais de 4 mil municípios do país.

Das 24.984 vagas temporárias do segundo concurso do IBGE visando ao Censo Agropecuário, 18.845 (186 no Rio) são para recenseador (nível fundamental e cerca de R$2.600), 1.272 (23 no Rio) para agente censitário municipal (médio e R$2.358) e 4.867 (81 no Rio) para agente censitário supervisor (nível médio e R$2.058). Os contratos terão duração de até cinco meses para recenseadores e sete no caso dos agentes.

Se você não foi bem no concurso IBGE 2017, para temporários, uma nova chance no órgão deverá ser aberta em breve. É que, tendo em vista o grande déficit de pessoal no quadro de efetivos, o IBGE já negocia com o governo para abrir o concurso IBGE 2018. Pode ser a sua chance de conquistar a aprovação para o instituto.






Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 Notícias maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: