domingo, 6 de agosto de 2017

Edital do concurso TST está pronto e sai na segunda



O presidente do TST, ministro Ives Gandra Martins Filho, autorizou o edital do Concurso TST 2017 para servidores, na última sexta-feira, 4 de agosto. A confirmação ocorreu por meio de uma publicação no Facebook do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que postou uma foto do ministro assinando o documento. O edital foi encaminhado para publicação e deve ser publicado nesta segunda-feira, 7.

O edital já era esperado para essa semana, pois era o prazo limite para publicação, após o minsitro Ives Gandra ter confirmado em sessão especial do dia 1º de agosto. Segundo ele, o tribunal está com uma defasagem de cerca de quatro a cinco servidores. Sendo assim, o novo concurso será para suprir essa necessidade. O Concurso TST 2017 terá vagas para técnico e analista judiciários, que contam com atrativas remuneração de R$7.260,41 e R$11.345,90, respectivamente.

Concurso TST 2017 terá vagas de técnico e analista


Já tivemos acesso ao projeto básico do concurso. Para técnico judiciário, as vagas serão para as áreas administrativa, segurança judiciária e programação. Já para analista as oportunidades serão para as seguintes especialidades: contabildiade, análise de sistemas, suporte em tecnologia da informação, taquigrafia, além da área administrativa. Os servidores também fazem jus a diversos benefícios, tais como auxílio-alimentação (R$884), auxílio creche (R$699), auxílio pré-escolar; auxílio transporte; adicional de qualificação (sobre os ganhos ásicos do servidor).

O concurso deverá ser para formação de cadastro de reserva. Portanto, espera-se que hajam muitas contratações, pois o órgão tem a tradição de convocar muitos aprovados durante todo o prazo de validade. Exemplo disso foi o último concurso, que foram oferecidas 37 vagas, mas contou com mais de 180 nomeações. Além disso, outro fato que evidencia a possibildiade de muitas contratatações no Concurso TST 2017 é a tabela da quantiade de candidatos que terão as provas discursivas corrigidas.

Provas podem acontecer em outubro


Com a publicação do edital se concretizando nesta segunda-feira, 7 de agosto, espera-se que as provas sejam aplicadas em outubro, respeitando o prazo de 60 dias após divulgação. Embora essa seja uma regra usada pelo executivo, os órgãos do judidiário também costumam adotar esse limite. As etapas serão divididas em provas objetivas e discurrivas, ambas de caráter eliminatório e classificatório, além de provas práticas para algunas cargos.




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 Notícias maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: