quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Concurso MPU 2017/2018: preparativos do concurso MPU devem deslanchar em setembro


Preparativos do concurso MPU devem deslanchar em setembro



O concurso MPU 2017 deverá ter os preparativos acelerados a partir do dia 18 de setembro, quando tomará posse a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Ela assume o cargo antes ocupado por Rodrigo Janot, que terá seu mandato encerrado.

A Procuradoria-Geral da República (PGR), à qual é vinculado o Ministério Público da União, "arruma a casa" antes de contratar a organizadora do aguardado concurso e divulgar o edital. Segundo a PGR, Raquel Dodge já começou a escolher os nomes da sua equipe.

Foram definidos os dois vices procuradores-gerais da República, a titular da Secretaria Geral do MPU e de secretarias ligadas ao gabinete. Luciano Mariz Maia exercerá a função de vice-procurador-geral da República e Humberto Jacques de Medeiros será o vice-procurador-geral eleitoral.

Zani Cajueiro será a secretária-geral do MPU, cargo que era ocupado pelo procurador Blal Dalloul, atual presidente da comissão do concurso MPU 2017.

A reportagem procurou a PGR para saber se a troca de comando na Secretaria Geral do MPU influenciará na comissão do concurso, com o atual presidente do grupo de trabalho, Blal Dalloul, sendo substituído por Zani Cajueiro.

Segundo o orgão, "ainda não há informações como isso ficará definido". A PGR também foi questionada sobre o avanço dos preparativos do concurso após 18 de setembro, quando tomará posse Raquel Dodge. De acordo com órgão, "a seleção segue sem novidades".

Edital deve ficar para outubro



Enquanto aguarda as definições no alto escalão da PGR, a comissão responsável pelo concurso MPU 2017 dá andamento a preparativos possíveis. O órgão encaminhou o projeto básico da seleção a outras organizadoras, além do Cebraspe (antigo Cespe/UnB). Foram procuradas a Fundação Getulio Vargas (FGV) e a Fundação Carlos Chagas (FCC).

Esse projeto conta com uma novidade. Além do técnico administrativo e analista em Direito, o concurso também será para técnico de segurança institucional e transporte. A expectativa é que em setembro ocorra a definição da organizadora. Se isso acontecer, é muito provável que o edital seja divulgado em outubro.

O concurso contará com vagas imediatas, cujo quantitativo ainda não foi divulgado. Haverá também formação de cadastro de reserva. O MPU já adiantou também que todos os estados, além do Ditrito Federal, serão contemplados, considerando-se os três cargos em pauta.

Aliada à estabilidade empregatícia, garantida pelo regime estatutário de contratação, e aos bons salários, quem atua no MPU tem direito a um pacote de benefícios, incluindo gratificações. Confira todos os benefícios que o MPU oferece.

Os cargos de técnico exigem o nível médio como escolaridade, sendo que o de segurança tem como requisito também a carteira de habilitação na categoria D ou E. As remunerações são de R$7.260,41 para técnico administrativo e de R$8.308,17 para técnico de segurança. Para analista em Direito, a exigência é a graduação na área. os ganhos são de R$11.345,90.




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 Notícias maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: