sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG): concurso pendente de detalhes finais


O edital para o concurso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), para os cargos de oficiais de nível médio, segue sendo trabalhado pela Consulplan, organizadora, e pelo órgão para ser divulgado em breve. De acordo com a banca, a comissão de concursos ainda depende de detalhes para finalizar todo o processo.

Confira cargos e salários

Os cargos ofertados serão os de oficial de apoio judicial (justiça comum e juizado especial) e oficial judiciário (comissário da infância e juvantude). As carreiras oferecem remuneração de R$3.238,54 já contando os R$779 do auxílio-alimentação. O que chama atenção de muitos é o requisito para ingresso, pois a escolaridade exigida é apenas nível médio.

De acordo com o termo de referência já divulgado, o processo seletivo será composto por duas etapas. A prova objetiva será a primeira fase e será obrigatória para ambos os cargos. O exame trará, possivelmente, 80 questões, que serão distribuídas pelas disciplinas de Língua Portuguesa (20), Noções de Informática (15), Noções de Direito (20) e Atos de Ofício (25).

As provas serão aplicadas nas cidades de Belo Horizonte, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros e Varginha. Haverá ainda um teste prático de digitação para os inscritos no cargo de oficial de apoio. O regime de contratação do TJ é o maís procurado por candidatos de concurso público: o estatutário.

Nossa reportagem conversou com um servidor do TJ-MG, que atua como oficial de apoio judicial. Gustavo Alberto conta como é a sua rotina, explica como se preparou na época e incentiva os interessados a não desistirem. Veja a seguir.

Dicas de quem venceu e vive o dia a dia

Quem não gosta de histórias de sucesso e superação para servir como incentivo na preparação de uma determinada prova? Como o concurso do TJ-MG está cada vez mais próximo, Conversamos com Gustavo Alberto, 38 anos, oficial de apoio judicial no Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Para o concursado, a principal vantagem de ser um servidor público do TJ é a estabilidade. "Após um período de três anos de efetivo exercício, você torna-se estável. E quando se tem a estabilidade no emprego, você trabalha com mais tranquilidade, pode assumir compromissos, pode planejar a sua vida melhor."

É necessário cadastrar seu e-mail abaixo para visualizar os arquivos e ter acesso completo ao conteúdo!

Cadastre eu e-mail para receber, atualizações, visualizar os arquivos e ter acesso completo ao conteúdo! 




Serviço:




Lista de Aprovados – Aqui
Edital do Concurso Aqui
Resultado Divulgado – Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 Notícias maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários: